Navegando Posts em Polícia

(Especial para o “Correio Braziliense” e para a TV Globo – DF) “Sob a regência da Lua na Astrologia e do número 5 pela Numerologia, o novo ano de 2012 será marcado pela instabilidade nos mais diferentes aspectos da vida pessoal e mundial.” A previsão é do astrólogo, numerólogo e tarólogo Felipe Porto, que freqüenta [...]

A revista Isto É desta semana trouxe uma matéria sobre o suposto crescimento da venda de armas no Brasil. As ONGs anti-armas voltam a insistir nos argumentos falaciosos e estatísticas que ninguém comprova. Veja mais…

De acordo com a Numerologia, as pessoas que não possuem as letras H, Q ou Z no nome, carregam nesta vida o chamado “Karma 8″, que é a dificuldade de alcançar a estabilidade material.

O noticiário de hoje (26/07/2010) da bandalheira generalizada nacional costumeira e diária teve um desequilí­brio em favor da Polícia. Não a respeito das atividades policiais propriamente ditas, mas pelo comportamento de policiais travestidos de bandidos, ou melhor, bandidos travestidos de policiais!

Esta é outra BANDEIRA que passaremos a defender através do TRIBUNA BRAZILIANA (www.tribunabraziliana.com.br) será O FIM DO ANONIMATO NA INTERNET BRASILEIRA, pois entendemos que o anonimato na internet só serve para pessoas mal-intencionadas…

A seguir, apresentamos em primeira mão os “banners” das campanhas que pretendemos levantar a partir do Jornal “TRIBUNA BRAZILIANA” (www.tribunabraziliana.com.br), verdadeiras BANDEIRAS que serão esclarecidas e defendidas ferrenhamente a partir de agora.

Cada tópico “Nunca antes na história deste país” a seguir daria perfeitamente para ser detalhado em mais diversos outros “Nunca antes na história deste país”, mas vamos tentar reunir e resumir ao máximo…

O que se poderia esperar de um time que tem as cores do exú com a pomba-gira e um urubú como símbolo? Cruz credo, é azar demais! Bruno é só mais uma evidência do que sempre achei: distintivo do Flamengo é crachá de bandido. Não erre: o suspeito é sempre o flamenguista!

Com tantas “controladorias”, “corregedorias”, comissões disso e daquilo, órgãos de controle externo e afins, que seriam responsáveis pela correição das atividades de diferentes órgãos ditos “públicos” (na verdade PRIVADOS, apenas para benefício de uma minoria aboletada no poder e seus comparsas, aliás, pagos com o suado dinheiro de nosso trabalho!), TODAS OMISSAS…

Tendo sido fundador e proprietário dos jornais “Fronteira” (Corumbá / MS, 1980) e “Correio do Litoral” (Guarapari / ES, 1997), hoje residente em Brasília, diante de tanta incompetência, impunidade, burocracia, desrespeito, omissão enfim, senti a necessidade de retornar às minhas atividades jornalísticas, para denunciar todo tipo de abusos e desmandos que longe de diminuirem, só [...]