DESAFIO À LEITURA: RETRATO DO POVO “BRASIDIOTA”

0
10

VINTE IMPRESSÕES DE UM

BRASILEIRO SOBRE O BRASIL

 1. O brasileiro não é um povo sério – Muitos políticos e intelectuais estrangeiros já disseram isso e, infelizmente, é verdade. Brasileiros tiram vantagem em tudo que podem [é o ‘jeitinho brasileiro’], tentam subornar policiais e outros funcionários públicos, aceitam subornos, vendem seus votos e saqueiam caminhões tombados.

2. Brasileiros não são pontuais – Exigir pontualidade de um brasileiro é o mesmo que pedir água no deserto. Isto faz parte do jeito de ser relaxado do brasileiro. Para eles, só existem horários ‘redondos’, se for para estar num lugar às 13h28min, eles interpretam isso automaticamente como 13h30min, é incrível! Mesmo assim, só chegam (quando vão) de meia a uma hora depois do marcado.

3. Brasileiros trabalham, mas não gostam – Brasileiros chegam ao trabalho na segunda-feira lamentando-se de terem a semana toda pela frente e permanecem assim até a quarta. Na quinta, animam-se um pouco, por ser véspera de sexta, e na sexta-feira trabalham o menos que podem, já pensando no final de semana.

4. Brasileiros odeiam ler e estudar – A tal ponto que isto pode ser classificado como um preconceito dos brasileiros contra o conhecimento. Muitos até sentem orgulho de ter pouca instrução, como se fosse um mérito da parte deles. Várias pesquisas comprovam que grande parte dos universitários são analfabetos funcionais.

5. Os políticos brasileiros não têm ideologia – É impressionante, mas no Brasil não importa se você é de direta ou de esquerda, a favor de ‘A’ ou de ‘B’: o que interessa é fazer alianças políticas para ter apoio nas eleições e conseguir cargos no governo. O fisiologismo é a única ideologia da maioria dos políticos brasileiros.

6. O Brasil parece possuir vários países dentro dele – Isso é um ponto positivo do País. Como ele é formado por pessoas de origens tão diferentes quanto africanos e japoneses, por exemplo, em cada lugar que você for verá a influência de um ou mais povos na sua culinária, nas artes, na língua, nos esportes e assim por diante.

7. Brasileiros só são patriotas quando a Seleção Brasileira de futebol joga – Outra coisa interessante, embora não seja por um bom motivo, é que, aparentemente, a única coisa capaz de unir os brasileiros é a paixão pela seleção de futebol do País. Seus jogadores são os ídolos dos jovens, que desejam um dia estar no lugar deles.

8. Brasileiros têm ‘opinião’ sobre tudo – Essa é uma mania irritante que os brasileiros possuem. Não leem livros, detestam estudar, mal leem jornais, mas se acham aptos a dar opinião sobre qualquer coisa: desde a unha encravada do vizinho até a crise nuclear norte-coreana. E ainda falam em tom professoral…

9. A música popular brasileira hoje é pobre, mas já foi de alto nível – Malgrado o fato de hoje a ‘música popular brasileira’ ser basicamente funk carioca e sertanejo universitário, o Brasil já teve grandes músicos e compositores, tais como Pixinguinha, João Gilberto, Tom Jobim, Vinícius de Moraes, Carlos Gomes, Villa-Lobos e Cartola.

10. Brasileiros são muito religiosos – Este é um traço marcante do povo. Em muitas cidades são feitas procissões católicas, a maioria dos feriados são religiosos, evangélicos organizam grandes marchas e existem partidos políticos nominalmente cristãos. Expressões de religiosidade são comuns no dia-a-dia.

11. O Brasil teve uma presidente que já foi terrorista e assaltante de banco – A ex-presidente do Brasil, e segunda mulher (*) a assumir o cargo de Presidente da República, já fez parte de guerrilhas armadas que lutavam contra os últimos governos militares brasileiros e que, em nome da ‘causa’, assaltavam, sequestravam e matavam.

12. No Brasil, promessa é dúvida (e não “dívida”) – Desde a promessa de alguém de ir à casa de um conhecido até a promessa de um político de construir uma obra, toda promessa no Brasil é uma dúvida. Novamente, isto faz parte do jeitão folgado do brasileiro: tudo depende do tempo, da sua disposição, de seu interesse etc.

13. Deputados são condenados por corrupção e continuam legislando – No Brasil, determinados deputados federais, que recentemente foram condenados por corrupção pela Suprema Corte do País no processo do Mensalão, não apenas estão exercendo mandato, como fazem parte da Comissão de Constituição e Justiça…

14. O governo brasileiro é assistencialista – Milhões de pessoas dependem das ‘bolsas’ do governo federal, e isto é um problema para a sociedade [que paga a conta], um retrato da situação de pobreza do País e um fato preocupante para a democracia, pois os beneficiários tornam-se reféns das forças políticas que os sustentam.

15. Existe um Sistema Único de Saúde gratuito – Entretanto, como estamos falando do Brasil, nós temos alguns problemas: geralmente as consultas e os exames demoram muito para serem realizados, faltam leitos nos hospitais, remédios e o atendimento nas emergências muitas vezes é desumanos.

16. No Brasil, as TVs são poderosas e influenciam muito a opinião pública – O veículo de comunicação mais poderoso no Brasil ainda é a televisão. E a maioria das emissoras divulga pesquisas eleitorais fajutas, exibe novelas e programas moralmente perniciosos e influencia a opinião pública em temas como sexualidade e costumes.

17. As universidades públicas brasileiras são redutos das esquerdas – Os militares no poder durante a última ditadura só combateram as guerrilhas comunistas armadas, deixando livre o caminho para a dominação ideológica das universidades públicas. Por isso, hoje a maioria delas tornou-se covil de militantes de esquerda.

18. Existem feriados demais e ‘emendam-se’ finais de semana – No Brasil, tudo é desculpa para se criar um novo feriado ou para se ‘emendar’ o final de semana, faltando-se ao trabalho ou à aula na quinta-feira se na sexta for feriado ou na segunda se o feriado se der na terça-feira. Tudo isso feito com muita naturalidade.

19. Carnaval, a festa ‘popular’ dos ricos e famosos – O carnaval brasileiro um dia foi uma festa popular. Entretanto, principalmente o que ocorre atualmente no Rio de Janeiro e em São Paulo cada dia tem menos de ‘popular’. Subcelebridades, atores, atrizes, jogadores de futebol e endinheirados em geral é que são hoje as grandes estrelas do evento.

20. Brasileiro desiste sim, e muito! – Ao contrário do que diz certo clichê, brasileiros não são tão esforçados assim, desistem com bastante facilidade e não aguentam muita pressão. Quem nunca começou um curso ou uma faculdade com sala cheia e depois de pouco tempo viu que ela já estava pela metade, ou até menos, por exemplo?

 

Notas da Redação:

(*) Dilma Rousseff foi a segunda mulher a assumir da Presidência da República, a primeira foi a ministra do STF Ellen Gracie que assumiu temporariamente, veja neste link:  http://www.parana-online.com.br/editoria/politica/news/175819/?noticia=ELLEN+GRACIE+TORNA+SE+HOJE+PRIMEIRA+PRESIDENTE+DO+BRASIL

Matéria postada original no site www.hardmob.com.br que não está mais no ar, de onde foi reproduzido pelo UOL no link: http://www.hardmob.com.br/boteco-hardmob/510073-brbrmob-20-impressoes-de-brasileiro-sobre-brasil.html, de onde reproduzimos, corrigimos e atualizamos (veja os comentários que já rolaram lá, alguns realmente valem a pena conferir).

Desconhecemos o autor do texto original (acima adaptado), caso saiba quem é, deixe nos comentários.

Em nossa opinião, esse é um retrato até bem-humorado do brasileiro, se fossemos descrever cada uma dessas caraterísticas, com certeza iriamos carregar bem mais na “tinta”… (Felipe Porto)

LEAVE A REPLY